Bebês

4 dicas de como fazer seu filho parar de chorar

Mais do que mostrar que está incomodando, ele precisa saber que você se importa

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

(Foto: iStock)

(Foto: iStock)

Algumas crianças choram mais. Isso é fato! Se não consegue colocar o sapato, se machucou o dedinho ou quebrou o brinquedo, pode começar a chorar na mesma hora, chutando tudo pela frente gritando “eu não consigo”. Você pode até tentar falar “você consegue”, “não seja assim”, mas não adianta muito e, às vezes, faz com ele chore ainda mais.

Isso pode fazer com que ele se sinta mais chateado, desapontado com ele mesmo. Ao contrário, você pode dizer “você não consegue fazer isso ainda“, essas palavras dão mais esperança e o motivam a continuar tentando. Segundo o site Babyiology, tem mais algumas coisas que você pode fazer nesses momentos com mais positividade e empatia.

1. Ao invés de “você está bem”, tente “eu sei que é difícil”

Anúncio

FECHAR

Crianças podem ser muito emotivas quando caem ou se machucam ou não conseguem fazer algo. É natural querer afirmar para eles que estão bem, mas eles podem se sentir ainda piores porque só querem mostrar que estão realmente machucados. Então basta dizer que você sabe que é difícil e que dói. Coloque um band-aid  no machucado e o ajude a finalizar a tarefa.

2. No lugar de “pare de chorar”, diga “eu sei que você está triste”

A gente acha mesmo que nosso filho vai parar de chorar se a gente só falar, né? Ainda mais quando está chorando por algo que consideramos tão bobo. Mas o que ajuda mesmo é conversar com ele para achar o motivo daquela choradeira e mostrar que entende o porquê dele estar chateado e que tudo bem ele chorar se ficou triste, sem menosprezar os sentimentos dele.

3. Ao invés de “por que você fez isso?”, tente “eu não gosto que você faça isso porque…”

Quando você pergunta o motivo dele ter pintado o irmão mais novo inteiro, ele pode simplesmente responder “porque eu gosto de colorir”. Se queremos mostrar para eles que não é uma coisa legal de se fazer, que é errado, o melhor caminho é explicar e pedir a ajuda para limpar.

4. No lugar de “você não precisa ficar com medo”, diga “você está seguro”

Novamente, ao dizer que ele não precisa ficar com medo, você pode passar a falsa sensação de que o que seu filho está sentindo é besteira quando ele acha que é muito importante. Afirmar que ele está bem e que nada de ruim vai acontecer, mostra que você está lá para protegê-lo, que o escuta e se importa com os sentimentos dele.

Leia também:

Tradutor de choro? Conheça um aplicativo que pode ajudar 

5 maneiras geniais de acalmar o choro das crianças

Choro não! Porque você não deve deixar a criança chorando até cansar

Pais&Filhos TV