Família

Governo libera o uso de celulares nas escolas de São Paulo

O objetivo é que as crianças usem o aparelho para fins pedagógicos

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

elementary-school-students-with-smartphones-picture-id613753116

(Foto: iStock)

No último dia 11 de outubro, a Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) aprovou uma proposta de lei do governo do Estado de São Paulo que libera o uso de celular em sala de aula para fins pedagógicos. A ideia é que crianças e adolescentes dos ensinos Fundamental e Médio possam usar os aparelhos para ajudar nas atividades escolares, sempre com a orientação dos professores.

“A escola prepara a gente para vida social e, efetivamente, usamos celulares e a internet não somente para a comunicação, mas também como recursos de pesquisa para solucionar problemas. Os educadores não podem ignorar essa realidade”, comenta a educadora Tania Fontolan, diretora geral do Programa Semente. Entretanto, ela alerta que o uso deve ser apenas para finalidades pedagógicas, porque se não houver um monitoramento rigoroso dos professores, o celular vai virar objeto de dispersão.

Segundo a diretora, há outro aspecto importante que precisa ser considerado: a exposição de crianças e adolescentes às redes sociais. A internet pode ser útil, mas também perigosa. “Infelizmente, é comum termos ocorrência de agressões virtuais como o cyberbullying“, afirma. A escola precisa se impor e saber lidar com a novidade da melhor forma para que não atrapalhe e apenas acrescente pontos positivos ao desenvolvimento intelectual dos alunos.

Anúncio

FECHAR

Leia também:

Veja dicas de passeios legais para o Dia das Crianças

Paulo Gustavo vai ser pai de gêmeos com o método de barriga de aluguel 

Mila é a nova sensação da internet! A garota de dois anos arrasa na atuação

Pais&Filhos TV