Família

Parece que a Paris Filmes não decidiu se é a favor ou contra o bullying

As duas campanhas, para filmes opostos sobre o assunto, irritaram alguns internautas

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

twitter 3

 

A Paris Filmes está lançando no Brasil dois filmes com mensagens diferentes sobre bullying. Um deles é nacional, “Como se Tornar o Pior Aluno da Escola”, de Danilo Gentili, que estreou dia 12 de outubro. É uma comédia na qual dois estudantes têm dificuldades para cumprir todas as regras da escola que são consideradas politicamente corretas. O outro, “Extraordinário”, é americano e estreia no Brasil dia 7 de dezembro. O drama contra a trajetória de Auggie, um garoto que nasceu com uma deformidade facial e enfrenta bullying entre os colegas de sala.

Anúncio

FECHAR

O que irritou os internautas foi a maneira que a distribuidora divulgou os dois filmes com posicionamentos tão opostos sobre o bullying. Primeiro dizendo que ele existe para ser praticado (este post foi excluído após as manifestações de desagrado):

twitter

Depois defendendo o combate ao bullying:

twitter 2

E depois isto:

twitter 4

Pais&Filhos acredita que qualquer forma de bullying (mesmo fazer “piada” sobre isso) é inaceitável.

Leia também:

Elenco de Chiquititas se reencontra em festa de 20 anos da novela

Novo trailer de “Extraordinário” é divulgado antes da estreia nos cinemas

Estão abertas as inscrições para o nosso 4° Seminário Internacional Pais&Filhos

Pais&Filhos TV