Especiais

“A capacidade de dar e receber afeto se organiza até os 18 meses de idade”, afirma Osmar Terra

O Ministro do Desenvolvimento Social veio apresentar seu projeto "Criança Feliz" no nosso 4° Seminário Internacional Pais&Filhos

Jéssica Anjos

Jéssica Anjos ,filha de Adriana e Marcelo

Ministro

(Foto: Gustavo Morita)

O Ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, iniciou o terceiro bloco do nosso 4° Seminário Internacional Pais&Filhos falando sobre seu projeto no Brasil “Criança Feliz” que já contempla mais de mil municípios brasileiros.

“A capacidade de dar e receber afeto se organiza até os 18 meses de idade”, explica Osmar. Por isso é tão importante o acompanhamento dos responsáveis, aqueles que têm vínculo afetivo com a criança, durante a primeira infância. É justamente este o objetivo do projeto, ajudar famílias com condições financeiras menores a ter os mesmos direitos de desenvolvimento familiar que o resto da população.

(Foto: Gustavo Morita)

(Foto: Gustavo Morita)

“A formação da memória cognitiva ocorre nos primeiros mil dias de vida do seu filho. Ele precisa da maior quantidade possível de informações para se desenvolver plenamente”, explica o Ministro. O “Criança Feliz” acompanha as famílias através de visitantes que vão as casas orientam e verificam quais as necessidades daquela família para indicarem os profissionais adequados para lidar com cada caso.

Anúncio

FECHAR

“Quando a mãe entra em um processo de depressão pós-parto, por exemplo, o quanto antes isto é diagnosticado, melhor! O visitante para informar aos profissionais as necessidades daquela mãe”, exemplifica Osmar. Segundo o Ministro, o acompanhamento semanal faz toda a diferença no desenvolvimento destas famílias.

Leia também:

Secretaria Municipal de Saúde de SP registra 600 casos de Hepatite A entre janeiro e outubro

Conheça os livros do super casal Ana Cardoso e Marcos Piangers 

Conheça os livros de Laura Gutman que falam sobre maternidade e reflexão

Pais&Filhos TV