Gravidez

6 pais compartilham o que eles queriam saber sobre a gravidez

Saber de algumas coisas ajuda muito na hora de entender sua mulher

Logo-Parents (1)
Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

mulher

 

 

Anúncio

FECHAR

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Se ao menos tivéssemos um pouco de conhecimento antes de esperarmos o primeiro filho! Por isso, nós pedimos para que alguns pais compartilhassem o que aprenderam sobre gravidez durante o momento, e o que eles gostariam de saber antes que o bebê tivesse nascido

1. Você está mais preparado do que imagina

“Você vai estar apavorado, vai questionar tudo que faz e mesmo assim vai ficar tudo bem. Quando meu primeiro filho ia nascer, minha esposa decidiu que faria o parto em casa, na nossa sala de estar. Eu questionei tudo, fiquei ansioso. Mas já estamos no nosso quarto filho nesse esquema.”

2. Cada gravidez é incrivelmente única

“Em um filme, quando o casal descobre a gravidez, e o enjoo matinal começa.  Ela come pasta de amendoim e picles, a barriga cresce, a bolsa estoura e uma hora depois o bebê nasce. Minha esposa não teve enjôos matinais, recusou minha oferta de pasta de amendoim e picles, e deu à luz 24 horas depois que a bolsa estourou! Hoje nós temos dois filhos e descobrimos que cada gravidez é completamente diferente”

3. Terão momentos que você não vai agüentar

“Sou casado com uma mulher forte, mas também sei que existem momentos que ela irá precisar de mim. De qualquer forma, durante as duas gravidezes tiveram momentos de desconforto e dor que eu não pude imaginar. Ficar ali com ela é bom, mas tem vezes que sua parceira só quer ficar sozinha. Não leve para o lado pessoal –se ela pedir um pouco de espaço, talvez seja porque ela precise lidar com aquilo sozinha.”

4. Fique atento com o que você cozinha- ou o perfume que usa

Durante a gravidez da minha esposa, eu aprendi que ela era incrivelmente sensível à cheiros. Meu conselho é ter cuidado com tudo—e eu digo tudo mesmo—que pode ter cheiro. Uma vez que meu cachorro soltou um pum no nosso quarto, minha esposa acordou e saiu do cômodo na mesma hora. Se eu como algo no almoço com alho ou cebolas, ela sente o cheiro e fica enjoada.  Tenho que comer doces escondido porque ela sente o cheiro do outro lado da nossa casa!”

5. Paternidade requer falar sobre sentimentos

“Quando minha esposa estava esperando nosso primeiro filho, eu fiquei focado nas coisas físicas que teria que fazer para ele. Nunca imaginei a carga emocional que eu teria que lidar (depressão pós-parto, criança doente, problemas no trabalho). A maioria dos homens não gosta de falar sobre suas emoções, mas a paternidade requer isso. Senão pode ser muito difícil lidar com isso dentro de nós.”

6. Entenda a linguagem de amor da sua parceira

“Durante a gravidez terão várias vezes em que você vai querer ajudar sua esposa, e ela vai querer sua ajuda, mas não vai conseguir verbalizar ou até mesmo achar um jeito de que você a ajude. Ser familiar com a linguagem do amor que ela tem e ter uma lista de coisas básicas nas quais você pode ajudar sem precisar de instruções dela é perfeito. No meu caso, quando minha esposa não conseguia me falar o que ela precisava, eu comprava chocolate, cookies, botava meu celular em outra sala e sentava no sofá ao lado dela, enquanto massageava suas costas.”

Leia também:

Brasil é o 4° país com maior índice de casamento infantil no mundo

Estado Islâmico ameaça matar o príncipe George

Brasil é o 4° país com maior índice de casamento infantil no mundo

Pais&Filhos TV